Sincronização de partição com Google Drive através do Dolphin

Sei que o Dolphin permite “montar” o Google Drive na árvore de diretórios. Usei o gerenciador de contas on line do KDE, através da Central de Controle, e funcionou corretamente, já que me permite acessar o conteúdo em Redes no Dolphin. Entretanto, ele sincroniza em minha pasta pessoal. Eu gostaria de sincronizar o conteúdo do Google Drive em outra partição, já criada e denominada de “Dados”. Entretanto, durante a configuração não é perguntado nada sobre o local em minha máquina a ser sincronizado e ele assume a partição do sistema. Alguém saberia me dizer se há como eu resolver essa questão?

Grato!

1 Curtida

Olá @Leo,

Confesso que não sei como fazer “ainda” isso que você menciona, mas vou pesquisar.

Creio que o começo para eu tentar entender seja >>>> isso aqui | Blog do Edivaldo?

Vou ler e vamos ver se entendo a questão, mas primeiro, mostre ai seu particionamento e indique onde está essa partição “Dados”, no terminal comande:

lsblk

T+

1 Curtida

Olá @creto!

Te agradeço pela ajuda com relação a este tópico, mais uma vez! Abaixo segue o resultado, como exibido no terminal.

[email protected]:~$ lsblk
NAME MAJ:MIN RM SIZE RO TYPE MOUNTPOINT
loop0 7:0 0 65,3M 1 loop /snap/bluemail/27
loop1 7:1 0 65,1M 1 loop /snap/bluemail/24
loop2 7:2 0 55M 1 loop /snap/core18/1880
loop3 7:3 0 62,1M 1 loop /snap/gtk-common-themes/1506
loop4 7:4 0 161,4M 1 loop /snap/gnome-3-28-1804/128
loop5 7:5 0 29,9M 1 loop /snap/snapd/8542
sda 8:0 0 298,1G 0 disk
├─sda1 8:1 0 450M 0 part
├─sda2 8:2 0 100M 0 part /boot/EFI
├─sda3 8:3 0 16M 0 part
├─sda4 8:4 0 81,9G 0 part
├─sda5 8:5 0 108,4G 0 part /media/leo/Dados
├─sda6 8:6 0 836M 0 part
├─sda7 8:7 0 477M 0 part /media/sda7
├─sda8 8:8 0 97,2G 0 part /
└─sda9 8:9 0 8,8G 0 part /run/timeshift/backup
sr0 11:0 1 1024M 0 rom
zram0 252:0 0 366,2M 0 disk [SWAP]
zram1 252:1 0 366,2M 0 disk [SWAP]
zram2 252:2 0 366,2M 0 disk [SWAP]
zram3 252:3 0 366,2M 0 disk [SWAP]

Então, sda4 é a partição em que está o Windows, sda8 é a partição que contém “/” (onde está o biglinux) e sda5 é a partição que foi rotulada qdo da criação como “Dados”. Não sei porque ela está listada com “part /media/leo/Dados”, me parece um atalho ou algo parecido.

O link do artigo que você enviou, me parece, se refere ao procedimento que já fiz. Usei a opção da Central de Controle do sistema (que me parece ser o app de configurações de contas on line do KDE, como indicado no link presente em sua mensagem) para configurar minha conta pessoal no Gmail. Quando testei e criei usando a opção do BigLinux, funcionou, tanto que na opção “Remoto” do Dolphin, na entrada “Redes”, aparecem todos meus arquivos armazenados no Google Drive, localizados na pasta “Google Drive”, na subpasta “google2”. Essa é a única pasta presente na pasta “Google Drive” em “Redes”. Fazendo esse teste com o drive associado à minha conta pessoal, pude ver que o app de configuração não pergunta qual a localização da pasta em meu sistema que irá conter os arquivos armazenados na nuvem, e também pude ver que as pastas criadas “Google Drive” e “google2” aparecem em \home.

Meu intuito é utilizar cotidianamente os arquivos salvos em meu notebook, sincronizados com o Google Drive. Assim, eu teria meus arquivos pessoais salvos localmente e usando o drive como um backup sincronizado. Como eles não ocupam mais do que 10 Gb, pretendo mantê-los como estão, já que cabem na partição do linux, onde eles foram montados. Entretanto, a instituição em que trabalho usa o Gsuite e, portanto, tenho outra conta Gmail relacionada ao trabalho e com espaço ilimitado para armazenamento. O conteúdo armazenado no meu Google Drive associado à conta do trabalho totaliza cerca de 82 Gb e, portanto, não cabe em minha home. Não testei configurar mais uma conta na Central de Controle do BigLinux porque, da mesma forma como fez com minha conta pessoal, imagino que ele criará uma pasta “google3” em \home, que não possui o tamanho para baixar meus arquivos do trabalho.

Só o que queria era que a pasta a ser sincronizada com a conta do trabalho não necessitasse estar instalada na partição “”, mas sim em outra partição (Dados), pois assim poderia acessar tanto do Linux quanto do Windows (que, confesso, nunca mais usei depois de instalar o BigLinux, mas que vai demandar uso quando o ritmo e as demandas do trabalho voltarem a algum tipo de normal novamente).

Desculpe o tamanho da mensagem, mas foi com o onjetivo de proporcionar o maior número de informações possível.

Grato!

1 Curtida

Certo, só espero que outros venham a tentar te auxiliar, pois, já vi o Bruno falar sobre o kio drive não ser muito legal, outra coisa, me faça entender, você tem dual boot com windows?

Sobre esse /media/leo/Dados, é que estou achando estranho, tente entender aqui os dois HDs que uso o meu que é o sdb no PC do meu irmão

[email protected]:~$ lsblk
NAME   MAJ:MIN RM   SIZE RO TYPE MOUNTPOINT
loop0    7:0    0    97M  1 loop /snap/core/9665
sda      8:0    0 298,1G  0 disk 
├─sda1   8:1    0   300M  0 part 
├─sda2   8:2    0   100M  0 part 
├─sda3   8:3    0   128M  0 part 
├─sda4   8:4    0   146G  0 part 
└─sda5   8:5    0 151,6G  0 part 
sdb      8:16   0 149,1G  0 disk 
├─sdb1   8:17   0   301M  0 part /boot/EFI
├─sdb2   8:18   0  50,8G  0 part /
├─sdb3   8:19   0     8G  0 part [SWAP]
└─sdb4   8:20   0    90G  0 part /home
zram0  252:0    0 732,4M  0 disk [SWAP]
zram1  252:1    0 732,4M  0 disk [SWAP]
[email protected]:~$ 

Isso que achei estranho mas vamos tentar resumir, então você está usando o KIO Drive?

Porque no centro de controle do Big não achei nada sobre contas online, dai daria para você me indicar onde achou?

T+