[Guia] Timeshift | Snapshots e backups - Pra que, porque usar, em que situação usar

Vamos aprender um pouco do uso do Timeshift que é o programa que cria automaticamente snapshots do sistema BigLinux, também um pouco de explicação e (hehe) o porque desse sistema ter sido idealizado por nosso grande amigo @BIGBRUNO

  • Timeshift em uma tradução livre Mudança de horário, para Linux é um aplicativo que fornece funcionalidade semelhante ao recurso Restauração do sistema no Windows e à ferramenta Time Machine no Mac OS. O Timeshift protege seu sistema tirando instantâneos incrementais do sistema de arquivos em intervalos regulares. Esses instantâneos podem ser restaurados posteriormente para desfazer todas as alterações no sistema.
    Tradução livre do arquivo README.md de: GitHub | teejee2008/timeshift

  • Enfim em qualquer momento que fazemos alguma mudança direta no sistema e em alguma eventualidade der problema e a correção for difícil, podemos usar um snapshot para trazer a paz ao sistema novamente, ou seja, tudo volta ao normal.

  • Muitas vezes quebro de fato o sistema com minhas experiências malucas, e uso ele, então deixando de conversa fiada, vamos configurar e ver as funcionalidades do Timeshift no BigLinux

  • Abra o Menu do BigLinux, por padrão o Centro de controle do BigLInux está em favoritos, algumas imagens para facilitar:
    b1

  • No Centro de controle escolha Snapshots e backups

  • Insira sua senha
    b3

  • Na janela do aplicativo, você tem as seguintes abas de configuração: Criar, Restaurar, Eliminar, Procurar, Definições e Assistente, a aba Criar nem é tão importante no momento por o sistema criar automaticamente snapshots diários

  • Vamos conhecer primeiro a aba Definições que é onde você fica conhecendo como o Timeshift trabalha, clique em Definições, na janela que se abrir você terá as abas Tipo, Localização, Agendar, Utilizadores e Misc:

  • Vamos ao que é principal aqui, por padrão vem configurado para guardar 7 snapshots, eu mudo e deixo apenas 4, você escolhe a quantidae que quiser usando o - ou +, o padrão:

  • Eu deixo assim, mas é recomendado deixar como vem por padrão, porque isso não influi em nada o espaço em disco:

  • Explicado as configurações básicas, vamos ao “X” da questão como resolver um possível problema, seja ele feita pela peça a frente do monitor como exemplo (Eu), ou mesmo uma possível atualização ou instalação de um App que faça mal ao sistema (é acho que tem disso), enfim qualquer duvida de como desinstalar, resolver problemas, a maneira mais fácil é o uso dele, como todos podem ver mais acima há 4 snapshots no meu sistema, vou clicar em um do dia anterior e então em Restaurar:

  • Agora sim em Restaurar, depois na janela que se abrir em Avançar

  • Irá aparecer Reparar concluído, clique em Fechar

  • A tela do aplicativo deverá aparecer uma nova opção em Negrito é porque tudo ocorreu bem e então pode reiniciar seu sistema

Uma observação, se por acaso o problema ter acontecido a dois ou três dias antes e você não consegue resolver é só lembrar em qual dia o problema apareceu e tentar resolver escolhendo sempre um dia anterior e seguindo o passo a passo acima decrito.

Seja feliz usando o BigLinux!!!

Espero estar sendo útil de alguma forma e também, que o Guia Anti-Creto tenha sido bem explicado, pois é uma honra escrever sobre o sistema, pelo menos sobre o que eu não consigo quebrar.

Saudações livre e bom uso!

Até a próxima…

4 Curtidas

Grande @creto , śó achei estranho vc dizer que os snapshotos náo ocupam espaço, pois na minha partição para o BigManjaro, que é de 14 Gb , começou na pós instalação e configuração com suficiente espaõ]ço libre, agora num consigo nem fazer login… Estou agora mesmo tentando excluir o conteúdo da pasta snapshots (dentro de timeshift-btrfs) acessando de outra partição.

Provavelmente o espaço utilizado pelos snapshots é pequeno, o espaço utilizado é só o que fica na coluna não partilhado.

Se você apaga os arquivos na pasta do snapshot não libera quase nenhum espaço, pq os snapshots do BTRFS não duplica os arquivos, então ele faz o gerenciamento, se tem 5 snapshots com o mesmo arquivo, só é armazenado o arquivo uma vez.

Se vc ainda assim quiser remover os snapshots, recomendo fazer boot no live e utilizar o Snapshots e Backups para apagar os snapshots.

1 Curtida

Olha, no total do meu HD (HD mesmo ainda) eu uso sempre 50.000 MB que em GB o Linux reconhece como uns 48.alguma-coisaGB e é o suficiente para eu estar oferecendo manutenção no BigLinux-Ubuntu instalado em um comércio local da minha região.

Onde esse usa o SIGELite para gestão do comércio, o que aos poucos estou fazendo backup para ser usado o BL-Manjaro

T+

1 Curtida

Valeu mestre @BIGBRUNO . Mas acho q vou é fazer uma instalação limpa mesmo. Pois agora que fiz a restauração do KDE (pelo Centro de Controle) ficou desconfigurado o desktop.

1 Curtida

Só para registrar minhas dúvidas já tiradas pelo Bruno Gonçalves no Grupo do Telegram:
1-com que frequência é feito uma cópia do sistema para o snapshot?
R: todos os dias uma vez.
2-onde eu gero snapshot novo quando quiser no BigLinux?
R: Na Central de Controle BigLinux, na opção Snapshots e Backups (precisa da senha de root). Logo em seguida basta clicar na opção na barra de menu CRIAR. O processo é super rápido.
3-Se no reboot eu escolher snapshot (só para ver as opções que tem) tenho como sair sem necessariamente ter que escolher algum ponto de restauração?
R: Sim, basta teclar ESC (escape - escapar)
4-Posso deletar algum ponto de restauração do snapshot, seja o automático ou o manual?
R: Sim, basta selecionar no que vc quer apagar e clica em remover
5-A lista que aparece quando entramos na opção de snapshot e backups da central de controle do BigLinux possui os automáticos e os manualmente criados?
R: Sim. Inclusive o marcador diferencia que tipo de snapshot é: automático ou manual. Os marcadores podem ser:
D - daily - diariamente
B - boot - no boot
W - Weekly - semanalmente
M - Monthly - mensalmente
Concluo que o snapshot manual tem o marcador
O - other - outro

Acrescentando informações e orientações do Bruno Gonçalves:
-Tem uma recomendação dos devs do BTRFS para não deixar mais de 12 que deixa o sistema lento
-E por questão de economizar espaço quase não faz diferença, pq o espaço usado por cada snapshot é o da coluna não compartilhado

1 Curtida

parece que perdeu o posto …