[DICA] Sua impressora fica desabilitada de vez em quando?

E aí galera?
No Linux tem uma frescurinha assim: quando a impressora dá alguns erros e acumula algumas tarefas, às vezes ela fica desabilitada. Aí a pessoa fica insistindo em imprimir e a impressora não responde. Mesmo apagando as tarefas retidas, ele ainda não responde.

Isso é resolvido assim: Centro de Controle > Hardware > Impressoras, clique direito em cima do ícone da sua impressora > marcar [X] Habilitada.

Fácil, né?
E se a vítima da dupla “impressora+Linux” for sua esposa? Filho(a)? Sogro(a)? Pai/Mãe? Ou até mesmo um(a) cliente? Eles irão ligar para você e você terá que dar o passo a passo pelo telefone… Bom, tenho algo aqui que poderá facilitar a sua vida: fazer com que o cron habilite sua impressora de x em x minutos (eu faço de 1 em 1 minuto). Aí, a vítima voltará a imprimir mais facilmente. Vamos lá:

1 - Instale o featherpad (pois o kate dá problema com sudo)

 $ sudo apt install featherpad

2 -Vamos abrir crontab

 $ sudo featherpad /etc/crontab

3 -Adicionaremos a seguinte linha no final do arquivo crontab:

*/1 * * * * root /usr/sbin/cupsenable NOMEDAIMPRESSORA

OBS1 Onde tem 1, é para determinar que a cada minuto ele habilitará a impressora.
OBS2 Onde tem NOMEDAIMPRESSORA, você colocará o nome da sua impressora.
Como saber o nome da sua impressora? Centro de Controle > Hardware > Impressoras,
O nome que aparece abaixo do ícone de impressora é o nome da sua impressora. Digite-o no crontab da mesma maneira, -igualzinho-!

4 - Salve o arquivo e feche o featherpad.

Pronto!
Porém, há soluções mais sofisticadas na internet, como scripts que detectam a impressora que está desativada e exibe num diálogo para a pessoa reativar e talz. Porém, eu achei essa dica mais fácil. Dessa maneira, basta dizer à vítima: esvazie as tarefas da impressora lá no iconezinho da impressora e aguarde um minuto para tentar imprimir de novo.
(nunca mais meu sogro ligou para reclamar da impressora :smiley: )

OBS: se você costuma imprimir muita coisa de uma vez, é bom alterar o tempo de 1 minuto para uns 3 minutos. Farei alguns testes e informarei aqui.

1 Curtida

Legal a dica, mas a parte do kate está bem simples agora, ele não precisa mais de sudo, basta abrir normalmente qualquer arquivo com o kate, se ele precisar de permissão de root, na hora que manda salvar ele pede a senha e salva.

2 Curtidas

featherpad? :open_mouth:

Obrigado pela dica!

Legal! Ficou até prático assim! Foi inovação sua ou da turma do KDE?
Bruno, eu gostaria de editar a mensagem inicial, pois tenho correções a fazer nela. Preciso de permissão, não é?
Preciso substituir a linha
*/1 * * * * /usr/sbin/cupsenable -E NOMEDAIMPRESSORA
por
*/1 * * * * root /usr/sbin/cupsenable NOMEDAIMPRESSORA
EDIT: já corrigido!

É do pessoal do KDE a mudança do kate, ve se agora consegue editar a postagem, coloquei permissão de moderador para o seu usuário.

1 Curtida

Beleza! Valeu aí! Já corrigi o texto inicial!

2 Curtidas

O Featherpad é um editor de texto em qt, leve e praticamente sem dependências extras. Considero uma boa alternativa ao Kate.

1 Curtida

Bruno, e a questão de transferir arquivos com o Dolphin para pastas root? O Dolphin também não aceita sudo. Ele trabalharia de forma similar ao Kate?

1 Curtida

A parte de transferir arquivos estão modificando ainda, ta na lista de recursos do futuro para o KDE.

De toda forma pode clicar com o direito em alguma pasta ir em ações administrativas e clicar em abrir no gerenciador de arquivos, que irá abrir no Dolphin como root

1 Curtida

Sobre a questão dos Dolphin e kate não aceitarem o sudo para abrir coisas eu também achei meio, meio não, chato demais e sei uma forma de contornar isso, claro uso Linux.

E assim que o tempo der vou tentar, eu disse tentar escrever a dica aqui, não sou nenhum @LordDan, nem @BIGBRUNO, ou @eltonff, mas dou minhas cabeçadas no pinguim.

Assim que eu tiver um tempo livre mesmo escrevo a dica e parabéns pela dica, Lord!!

T+

Creto, não precisa nem esforçar nesse sentido, é só abrir o kate ou o dolphin usando o bigsudo, ele já contorna as travas.

1 Curtida

Sim, isso no BigLinux sei, ou seja, sei que posso ir ao terminal e ao invés de sudo kate /etc/apt/sources.list, posso apenas comandar kate /etc/apt/sources.list, alterar o que eu tiver que alterar e ao final de tudo o (sei lá se é o nome) dialog irá me perguntar se quero salvar ou não me pedindo então se for salvar, minha senha.

Mas a quem queira fazer diferente as vezes, mas aqui no fórum vou colocar essa explicação como está aqui na mensagem o do como abrir o kate dolphin com sudo vou usar em outro local.

Claro, aqui é desnecessário

Será que expliquei direito :wink:

T+